domingo, 26 de dezembro de 2010

OS PRIMEIROS MIJADOUROS PÚBLICOS NO BRASIL

A última metade do século 19 trouxe muitas inovações em várias cidades brasileiras, como a iluminação pública, água encanada, o carro, a construção de pontes, calçamento público e muitas outras benfeitorias.

A cidade do Rio de Janeiro, que se tornava cada vez mais vaidosa por ser a sede imperial, não deixou de olhar para a Europa e sempre que possível queria copiá-la.

Numa linguagem bem popular, todo mundo queria ser "chique".

Foi publicada, no governo da princesa Isabel, a primeira legislação sobre os mijadouros públicos no Brasil. Foi em tal administração que surgiu, também, um neologismo que acabou ficando na boca do povão. Trata-se do vocábulo "mictório".

Os legisladores fluminenses acharam feia a palavra "mijadouro", de modo que entenderam por bem substituí-la - literalmente.

O motivo da substituição não teria sido somente a feiura da palavra. Pretendiam evitar palavras populares (pois "mijar" era bastante difundida entre a grande população), de modo que criaram a palavra "mictório".

O citado vocábulo é, portanto, uma inovação do Rio de Janeiro do final do século 19.

.

Nenhum comentário:

Postar um comentário