sexta-feira, 10 de setembro de 2010

CURIOSIDADES DIVERSAS

Vinícius de Moraes se separou oito vezes e em todas elas, ao sair de casa, não levou sequer um único bem móvel. Ocorre que em uma dessas separações foi morar em um apartamento sem mobília e eletrodomésticos, o que não o impediu de receber visitas. Certa vez, em pleno verão carioca, quando recebeu alguns convidados, ofereceu água gelada sem mesmo ter geladeira em casa. Os presentes, achando que beberiam água gelada, se depararam com água de torneira e uma bala de menta. O poeta, em tom de riso, dizia que bastava colocar a menta na boca e em seguida beber a água, que seria, enfim, sua água gelada.

Na década de trinta do século XX um diretor de uma empresa ferroviária estatal foi preso, no Rio de Janeiro, com dinheiro público escondido na roupa. O fato se deu quando Vargas acabou com a Política do Café com Leite, quando havia o acordo para a eleição de políticos de Minas e São Paulo, alternadamente, à Presidência da República. Inconformado, o diretor resolveu dar o jeitinho brasileiro.

O presidente Jânio Quadros - aquele que proibiu o uso de biquínis nas praias e que adorava enviar bilhetes a seus subordinados - acabou soltando uma frase típica dos políticos dissimulados. Certa vez chegou a declarar o seguinte: "Se me virem dançando com uma mulher feia, é porque a campanha já começou". Ironicamente, o mesmo Jânio teria, em outra oportunidade, reclamado que suas fotos sempre eram feias. O fotógrafo, brincando com o presidente, teria dito que o problema é que ele era feio mesmo.

Inquisitor tinha jeito e fama de homem mau, perverso. Só o nome já causava medo, pânico. Mas nem todos foram fiéis ao seu ofício e à fama que eles carregavam "nas costas". Portugal chegou a designar inquisitores para que investigassem a pureza do sangue de judeus, tanto na metrópole como em suas colônias, a exemplo do Brasil. Um deles, Martins Mascarenhas, costumava emitir certificados falsos, cuja intenção era livrar o judeu de eventual perseguição. Mas isto somente acontecia mediante propina. Se ele recebesse o combinado, livraria o judeu. Caso contrário, atuava como um autêntico inquisitor.

.

Nenhum comentário:

Postar um comentário