sexta-feira, 6 de agosto de 2010

VEJA O CENSO DEMOGRÁFICO DO RIO DE JANEIRO EM 1808, LOGO QUE A FAMÍLIA REAL PORTUGUESA CHEGOU AO BRASIL

As estatísticas sobre a população do Rio de Janeiro em 1808 foram feitas por um comerciante inglês, chamado Jonh Luccock, que chegou ao Brasil em junho do mesmo ano, poucos meses, portanto, depois que a corte portuguesa veio para a capital brasileira.

Em 1820, na Inglaterra, o pesquisador publicou um livro narrando o que ele testemunhou no Brasil. Foram 10 anos de experiência no país, em cujo período ele percorreu os estados de São Paulo, Santa Catarina, Rio Grande do Sul, Minas Gerais, Bahia e Rio de Janeiro (onde morava).

Eis alguns dos dados estimados pelo inglês sobre a população do Rio de Janeiro em 1808:

  • 16.000 estrangeiros, 1.000 funcionários públicos, 700 padres, 500 advogados;
  • 200 profissionais praticantes da medicina;
  • 300 pescadores, 1.000 soldados de linha, 1.000 marinheiros do porto;
  • 4.000 caixeiros, aprendizes e criados de lojas;
  • 1.250 mecânicos, 12.000 escravos, 4.000 mulheres chefes de família;

Calculou ainda que o Rio de Janeiro tinha aproximadamente 4.000 residências, o que daria uma média de 15 pessoas por casa.

Outro dado interessante é o número de padres e de advogados. Geralmente uma cidade com 60.000 habitantes (nos dias atuais) tem 1 padre e algumas dezenas de advogados.

.

Nenhum comentário:

Postar um comentário