domingo, 25 de julho de 2010

COMPLETAMENTE ENTREGUE AO JOGO, COMANDANTE DE EXÉRCITO PERDE A BATALHA E A PRÓPRIA VIDA

O feito ocorreu em 1776, nos Estados Unidos. O evento envolvido é a Guerra da Independência americana.

Na luta contra os ingleses, o Exército de George Washington (que adorava jogar xadrez) estava, a certa altura da guerra, em desvantagem e ameaçado de derrota.

Convictos da possibilidade de independência - eram colônia dos ingleses -, os americanos decidiram surpreender seus adversários na cidade de Trenton, em Nova Jérsei. Um simpatizante dos ingleses soube do plano e redigiu um bilhete para que fosse entregue ao comante da tropa britânica.

Ao receber o bilhete o comandante estava jogando uma partida de xadrez, seu jogo predileto. Totalmente concentrado na partida, o líder inglês colocou o bilhete no bolso e se esqueceu de ler.

Resultado: foi morto numa emboscada pelos soldados de Washington, sem ter lido o bilhete.

Fato semelhante ocorreu com o conhecido Júlio César, general romano, líder do Primeiro Triunvirato.

Os senadores romanos planejaram seu assassinato, que deveria ocorrer dentro do próprio Senado. Um cidadão romano tomou conhecimento do plano e escreveu um bilhete, entregue ao general antes dele chegar ao local do crime.

Júlio César guardou o bilhete no bolso e não o leu. Foi morto por vários senadores, conforme estava escrito.

.

Nenhum comentário:

Postar um comentário