terça-feira, 29 de junho de 2010

TUDO EM NOME DA BELEZA: CONHECIDA RAINHA TOMAVA BANHO COM LEITE DE ANIMAL PARA FICAR COM A PELE MAIS BONITA

Em outra postagem dissemos que na velha Roma as mulheres tinham o hábito de dormir com uma espécie de emplastro no rosto, constituído - dentre outros produtos - de leite de jumenta.

Cleópatra, que ainda hoje povoa o imaginário masculino, foi mais adiante: diariamente ela tomava banho com leite de jumenta, receita indicada para hidratar a pele.

A mesma Cleópatra tinha outros segredos para enfeitiçar os homens: constantemente fazia uso de um produto utilizado para contornar de preto os olhos. Havia milênios que tal recurso vinha sendo utilizado pelas mulheres, mas foi ela quem de fato popularizou esta prática.

A vaidade feminina sempre foi marcante nos diferentes períodos históricos. Não somente elas, mas eles também se deixaram seduzir pelo desejo de encantar o sexo oposto a partir da maquiagem. Na França pré-revolucionária, por exemplo, ambos os sexos pintavam exageradamente os rostos; queriam ficar com a pele mais esbranquiçada.

Já na Idade Média as mulheres se utilizavam de sanguessugas para retirar o excesso de sangue da face.

Diante de tanta vaidade feminina, grande parcela do sexo masculino olhou com certa desconfiança e com uma moderada reprovação de tal prática.

Na velha Roma havia escritores que chegaram a narrar sentirem repugnância ao olharem os rostos femininos, que ficavam adulterados pela maquiagem.

Já na Idade Moderna alguns enxergaram na maquiagem um recurso artificial e altamente perigoso, suficientemente capaz de levar o homem a um erro que poderia lavá-lo a se arrepender pelo resto da vista - literalmente.

.

Nenhum comentário:

Postar um comentário