segunda-feira, 14 de junho de 2010

COURAÇA QUE ESTAVA ENTERRADA HÁ MAIS DE 300 ANOS FOI RETIRADA DO TÚMULO DE UM FAMOSO PERSONAGEM HISTÓRICO E DEPOIS FOI USADA EM CERIMÔNIA OFICIAL

Alexandre, o Grande e Calígula são dois conhecidos personagens da História Universal. O primeiro morreu em 323 a.C.; o segundo, em 41 d.C.

Calígula foi um imperador romano que ficou conhecido - dentre outros motivos - pelas crueldades, loucuras e bizarrices que praticou em todo o seu governo (37 a 41 d.C.).

Alexandre, o Grande, foi enterrado com a couraça que costumava usar nas batalhas que empreendia. Calígula ordenou que seu túmulo fosse aberto a fim de retirar a referida couraça, da qual se apossou sem demora.

Para espanto de muitos, passou a usar a indumentária - que já estava no túmulo mais de 300 anos - em algumas cerimônias oficiais durante o tempo em que foi imperador de Roma.

Para alguns essa atitude de Calígula não causava espantos, afinal o bizarro imperador tinha o frequente hábito de aparecer em público envolto em casacos multicoloridos, outras vezes em vestidos com longas caudas (como os vestidos de noiva).

Também tinha o costume de aparecer em público com tamancos femininos, com barba de ouro, segurando um raio, um tridente, conhecidas insígnias dos deuses.

Adorava trajar-se do deus vênus e de usar suas botas militares. Desde criança gostava de usar botas, daí seu apelido, Calígula, que significa botinhas.

.

Nenhum comentário:

Postar um comentário