quinta-feira, 10 de junho de 2010

CONHEÇA A HISTÓRIA DO ÂNUS QUE ENCANTOU A EUROPA PORQUE FUMAVA, TOCAVA FLAUTA E SUGAVA ÁGUA DE BACIA

Existiu um artista francês chamado Lé Pétomane, que nasceu em 1857 e morreu em 1945. Ele ficou famoso não somente em seu país como também no restante da Europa.

Era padeiro, mas descobriu o talento de que era portador ao nadar no mar. Quando estava dentro d'água, sentiu algo gelado entrando em seu ânus. Descobriu que havia sugado parte da água salgada por meio do seu bumbum.

Também descobriu que podia fazer sucção do ar. Passou a imitar diversos sons, liberando puns. Podia passar vários minutos soltando ar pelo ânus, sem interrupção.

Ganhou fama. Frequentemente se apresentava nos melhores cabarés franceses. O vento que saía de seu ânus era capaz de apagar velas; tinha a habilidade de fumar cigarro e de tocar flautas.

Em pleno espetáculo conseguia sugar água de uma bacia e lançá-la a distância. Tudo isso pelo ânus, obviamente.

Não para por aí. Era capaz de imitar o som de canhões e de trovões. Muitos espectadores passavam mal de tantas gargalhadas, em função das peripécias do artista.

O auge da festa era quando Petomane baixava as calças e tocava o hino nacional francês através dos puns que liberava.

Não foi por menos que muitas celebridades europeias se deslocavam aos espetáculos somente para conferir de perto aquele show bizarro. Uma dessas celebridades foi o famoso psicanalista, Sigmund Freud.

.

Nenhum comentário:

Postar um comentário