quarta-feira, 18 de novembro de 2009

OS PRIMEIROS DIAS DE BRASÍLIA: DEPUTADO FEDERAL BRASILEIRO SAIU A RUA COM UM REVÓLVER EM PUNHO E AINDA 'ROUBOU' TODA A MOBÍLIA DE UM COLEGA

Com a transferência da capital brasileira do Rio de Janeiro para Brasília, muitos episódios curiosos aconteceram e acabaram esquecidos pela memória nacional.

Os deputados e senadores ganharam cadeiras giratórias no Congresso e residências com mobília completa.

No Congresso, de cadeiras novas, muitos deles não paravam de girar, encantados como crianças.

Com relação à mobília . . . um deputado cearense se viu enfurecido quando chegou no apartamento e o mesmo se encontrava completamente vazio. Desesperado, saiu a rua com um revólver em punho.

Não restando outra alternativa mais vexatória, ordenou (com o revólver em punho) que um caminhão parasse.

Sabe o que vinha nesse caminhão? A mobília do apartamento de um colega deputado. Ele, o deputado cearense que se encontrava enfurecido, não pensou duas vezes: 'requisitou' a dita mobília para si e não devolveu mais.

Isso aconteceu em abril de 1960.

.

Nenhum comentário:

Postar um comentário