segunda-feira, 16 de novembro de 2009

AS GRANDES DISPUTAS TEOLÓGICAS NO FINAL DA IDADE MÉDIA E COMEÇO DA IDADE MODERNA

Segundo Erasmo de Rotterdam, no final da Idade Média e começo da Idade Moderna os teólogos mais renomados da igreja discutiam muitos pontos considerados controversos para a época.

Eis alguns dos questionamentos:

Qual o instante da geração divina?

Há mais filiação em Cristo?

É defensável a proposição ‘Deus pai odeia o Filho’?

Teria Deus podido assumir o posto de mulher, de demônio, de asno, de abóbora, de pedra? Em caso afirmativo, como teria podido a abóbora pregar, fazer milagres, ser crucificada?

Quem teria Pedro consagrado, se consagrasse enquanto Cristo estava preso à cruz? E podia Cristo, naquele mesmo momento, ser chamado homem?

Enfim, depois da ressurreição, poderemos comer e beber?

Indagavam, ainda, se Cristo havia sido formado no útero de Maria.

Como se vê, muitas dúvidas da época da Renascença eram as mesmas existentes no início do surgimento da Igreja Católica e dos primeiros Concílios.

.

Nenhum comentário:

Postar um comentário