terça-feira, 8 de setembro de 2009

A ORIGEM DA EXPRESSÃO 'DEUS TE DÊ SAÚDE', PRONUNCIADA LOGO APÓS O ESPIRRO DE ALGUÉM QUE ESTÁ PRÓXIMO

Era comum, na Idade Média, as pessoas atribuírem causas de natureza espiritual às doenças ocorridas no ser humano. Não importava se a doença era mais grave ou não. Naquela época, em que a Igreja dominava praticamente tudo o que dizia respeito às informações e proliferações de cunho científico - pois impedia o desenvolvimento desta - não era raro ela se pronunciar dando conta de que o demônio estava por toda parte.

As pessoas tinham medo do futuro, tinham medo dos castigos anunciados pela Igreja. A palavra dessa organização religiosa era temida e, se houvesse alguém que discordasse dela, estaria sujeito a ser duramente penalizado.

Criou-se o hábito de se acreditar que uma pessoa gripada estaria possessa por demônios. Quando alguém espirrava, espelia-se saliva que, para os medievais, estava repleta de capetinhas. Daí, quem estava perto, repelia tais capetas com a expressão "DEUS TE DÊ SAÚDE", porque, segundo eles, era uma forma de cessar a causa de proliferação de demônios. Para os tais, não adiantava exorcizar os capetas que saiam pela saliva do doente. Era mais conveniente profetizar a saúde do pobre coitado.

.

2 comentários: